Rádio Club – Paraí RS

Rádio Club FM da cidade de Paraí, Rio Grande do Sul

Oscar 2021: saiba onde assistir aos principais indicados à premiação

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas divulgou nesta segunda-feira (15) a lista de indicados ao Oscar 2021. A cerimônia de premiação está marcada para o dia 25 de abril no Teatro Dolby, em Los Angeles, nos Estados Unidos. 

Neste ano, Mank foi o filme mais lembrado, acumulando 10 indicações — entre elas, melhor filme, melhor direção (David Fincher) e melhor ator (Gary Oldman). Outros destaques são NomadlandMinariMeu paiJudas e O Messias NegroOs 7 de Chicago O Som do Silêncio, com seis indicações cada, e Bela vingança e A Voz Suprema do Blues, indicados em cinco categorias.

Devido ao fechamento dos cinemas por conta das regras vigentes da bandeira preta durante a pandemia, alguns filmes ainda não têm previsão para estrear no Rio Grande do Sul. Outras produções podem ser conferidas em diferentes plataformas de streaming. Confira a seguironde assistir aos principais filmes que integram a lista de indicados ao Oscar 2021:

Mank

A Hollywood da década de 1930 é retratada pelo olhar crítico do roteirista Herman J. Mankiewicz (Gary Oldman), em meio ao trabalho para terminar o roteiro de Cidadão Kane. Dirigido por David Fincher.

  • Indicações: melhor filme, melhor direção, melhor ator (Gary Oldman), melhor atriz coadjuvante (Amanda Seyfried), melhor figurino, melhor trilha sonora, melhor mixagem de som, melhor maquiagem e cabelo, melhor design de produção e melhor fotografia
  • Onde assistir: Netflix

O Som do Silêncio

Um jovem baterista teme por seu futuro quando percebe que está gradualmente ficando surdo. Duas paixões estão em jogo: a música e sua namorada, que é integrante da mesma banda de heavy metal que o rapaz. Essa mudança drástica acarreta muita tensão e angústia na vida do baterista, atormentado lentamente pelo silêncio.

  • Indicações: melhor filme, melhor direção, melhor ator (Riz Ahmed), melhor ator coadjuvante (Paul Raci), melhor roteiro original, melhor mixagem de som e melhor edição
  •  Onde assistir: Amazon Prime Video

Os 7 de Chicago 

Filme baseado em fatos reais, mas romanceado para efeitos dramáticos. Sob comando do diretor Aaron Sorkin (A Grande Jogada), um elenco estelar com nomes como Sacha Baron Cohen, Eddie Redmayne, Joseph Gordon-Levitt e Michael Keaton. Ambientada no final dos anos 1960, a trama se passa durante um julgamento histórico. O governo americano acusa um  grupo de pessoas de conspiração, por conta dos tumultos gerados por um grande protesto contra a Guerra do Vietnã, em Chicago, local em que era realizada a convenção nacional do Partido Democrata.  

  • Indicações: melhor filme, melhor ator coadjuvante (Sacha Baron Cohen), melhor roteiro original, melhor canção original, melhor fotografia e melhor edição
  • Onde assistir: Netflix

Meu Pai

Um homem idoso (Anthony Hopkins) recusa a ajuda da filha (Olivia Colman) à medida que envelhece. Ela está se mudando para Paris e precisa garantir os cuidados dele enquanto estiver fora, buscando encontrar alguém para cuidar do pai. Ao tentar entender suas mudanças, ele começa a duvidar de seus entes queridos, de sua própria mente e até mesmo da estrutura da realidade.

  • Indicações: melhor filme, melhor ator (Anthony Hopkins), melhor atriz coadjuvante (Olivia Colman), melhor roteiro adaptado, melhor edição e melhor design de produção
  • Onde assistir: ainda sem previsão de estreia nos cinemas do Rio Grande do Sul por conta das regras de bandeira preta vigentes

Judas e O Messias Negro

Com Daniel Kaluuya (Corra e Pantera Negra) como o vice-presidente do Partido dos Panteras Negras, Fred Hampton, assassinado aos 21 anos a mando do FBI, o longa conta parte da história da organização afro-americana revolucionária e do plano do governo dos Estados Unidos para silenciar o movimento negro insurgente. Tudo se desenrola quando, preso pela polícia, o criminoso William O’Neal (Lakeith Stanfield) recebe uma proposta do FBI para se infiltrar nos Panteras Negras e fornecer informações sobre Hampton ao FBI — e aceita, em troca de sua liberdade. Infiltrado, à medida que a mensagem ardente de Hampton o atrai, O’Neal também não pode escapar da trajetória mortal de sua traição final, que culminará na morte do líder do partido.

  • Indicações: melhor filme, melhor ator coadjuvante (Daniel Kaluuya e Lakeith Stanfield), melhor roteiro original, melhor canção original e melhor fotografia
  • Onde assistir: ainda sem previsão de estreia nos cinemas do Rio Grande do Sul por conta das regras de bandeira preta vigentes

Minari — Em Busca da Felicidade

Escrito e dirigido por Lee Isaac Chung, o filme conta a história de uma família de ascendência sul-coreana que se muda para uma fazenda no Arkansas, nos Estados Unidos. Em um país diferente do seu, o pequeno David (Alan S. Kim), sete anos, tem dificuldades para se adaptar. Enquanto isso, Jacob (Steven Yeun), decidido a criar uma fazenda em solo inexplorado, arrisca suas finanças, seu casamento e a estabilidade de toda a família. 

  • Indicações: melhor filme, melhor direção, melhor ator (Steve Yeun), melhor atriz coadjuvante (Yuh-Jung Youn), melhor roteiro original e melhor trilha sonora
  •  Onde assistir: ainda não há data para a estreia no Brasil

Nomadland

O filme é estrelado por Frances McDormand, vencedora de duas estatuetas de melhor atriz, por Fargo, em 1997, e Três Anúncios para Um Crime, em 2018. Na trama, Frances vive uma nômade que cai na estrada após perder o marido e o emprego, durante a crise econômica de 2008. Drama dirigido pela cineasta chinesa Chloé Zhao (que também poderá ser vista no comando de Os Eternos, da Marvel), Nomadland despontou nas premiações. Venceu o Leão de Ouro, principal prêmio do Festival de Veneza, em 2020. No Globo de Ouro, abocanhou o prêmio de melhor direção e melhor filme de drama.

  • Indicações: melhor filme, melhor direção, melhor atriz (Frances McDormand), melhor roteiro adaptado, melhor fotografia e melhor edição
  •  Onde assistir: previsão de estreia nos cinemas do Brasil em 15 de abril

Bela Vingança

Cassie (Carey Mulligan) é uma mulher com muitos traumas do passado que frequenta bares todas as noites e finge estar bêbada. Quando homens mal intencionados se aproximam dela com a desculpa de que vão ajudá-la, Cassie entra em ação e se vinga dos predadores que tiveram o azar de conhecê-la e o mal caráter de tentar abusar dela.

  • Indicações: melhor filme, melhor direção, melhor atriz (Carey Mulligan), melhor roteiro original e melhor edição
  •  Onde assistir: estreia nos cinemas do Brasil em 18 de março

A Voz Suprema do Blues

Drama dirigido por George C. Wolfe e escrito por Ruben Santiago-Hudson, A Voz Suprema do Blues é baseado na peça homônima de August Wilson. O enredo acompanha Ma Rainey (Viola Davis), uma das primeiras cantoras afro-americanas profissionais de blues, em uma sessão de gravação mergulhada em tensões entre seu ambicioso trompetista Levee (Chadwick Boseman) e a gerência branca, que está determinada a controlar a “Mãe do Blues”. O filme foi o último estrelado por Boseman (Pantera Negra), que morreu em 2020 em decorrência de um câncer de cólon. 

  • Indicações: melhor atriz (Viola Davis), melhor ator (Chadwick Boseman), melhor figurino, melhor maquiagem e cabelo e melhor design de produção
  •  Onde assistir: Netflix 

 Soul

Integrando o hall de animações da Pixar que reúnem adultos e crianças em frente às telas, aos moldes de Viva — A Vida é Uma FestaSoul movimentou os espectadores desde seu lançamento. O filme narra a história de Joe, um professor de música do Ensino Médio apaixonado por jazz, que descobre o real sentido de sua vida quando  viaja a uma outra realidade para ajudar outra pessoa a encontrar sua paixão. 

  • Indicações: melhor animação, melhor trilha sonora e melhor mixagem de som
  • Onde assistir: Disney+

Borat: Fita de Cinema Seguinte

Sequência do sucesso de 2006, Borat volta a misturar humor escrachado e críticas contundentes à sociedade americana. Acompanhado de sua filha Tutar (Maria Bakalova), o repórter cazaque volta aos Estados Unidos em uma missão para aproximar seu presidente de Donald Trump.  

  • Indicações: melhor atriz coadjuvante (Maria Bakalova) e melhor roteiro adaptado
  • Onde assistir: Amazon Prime Video

Uma Noite em Miami

Baseado na peça homônima premiada de Ken Powers, que também assina o roteiro, Uma Noite em Miami se passa durante uma noite fictícia na qual Cassius Clay (Eli Goree), que logo adotaria o nome Muhammad Ali, derrota o campeão dos pesos-pesados ​​Sonny Liston no Miami Convention Hall. Ele então junta três amigos, o ativista Malcolm X (Kingsley Ben-Adir), o cantor e lenda do soul Sam Cooke (Leslie Odom Jr.) e o jogador de futebol americano Jim Brown (Aldis Hodge), para celebrar a vitória. O longa marca a estreia de Regina King na direção. 

  • Indicações: melhor ator coadjuvante (Leslie Odom Jr.), melhor roteiro adaptado e melhor canção original
  • Onde assistir: Amazon Prime Video

Era uma Vez um Sonho

Baseado no livro autobiográfico de J.D. Vance, Era Uma Vez um Sonho conta a história de J.D. (Owen Asztalos), um estudante de Direito em Yale que tem sua vida abalada quando recebe a notícia de que sua mãe, Beverly (Amy Adams), está internada após uma overdose de drogas. Ele então retorna ao Kentucky, onde cresceu, para tentar ajudar a mãe. No passado, vemos como foi a infância de J.D. com a avó (Glenn Close).

  • Indicações: melhor atriz coadjuvante (Glenn Close) e melhor maquiagem e cabelo.
  • Onde assistir: Netflix

Fonte: Gaúcha ZH

Deixe uma resposta