Rádio Club – Paraí RS

Rádio Club FM da cidade de Paraí, Rio Grande do Sul

Polícia prende integrantes de grupo suspeito de planejar ataque a banco em Paraí

A Polícia Civil faz uma operação, na manhã desta quinta-feira (23), contra um grupo criminoso suspeito de planejar um ataque a banco, que ocorreu em março, na cidade de Paraí, na serra gaúcha. Na ocasião, sete suspeitos foram mortos pela Brigada Militar.

Até as 8h30, cinco pessoas haviam sido presas. Estão sendo cumpridos 23 mandados, entre eles 13 de busca e apreensão, oito de prisão preventiva e dois de prisão temporária. A ação ocorre nas cidades de Guaporé, Paraí, Serafina Corrêa e Charqueadas.

De acordo com as investigações, a tentativa de ataque ao banco foi organizada por um preso da Penitenciária de Alta Segurança de Charqueadas. Do local, ele recrutou pessoas para a ação, fornecendo todos os recursos necessários, além de organizar e dividir as tarefas de cada membro do grupo.

A polícia destacou a participação de cada um dos suspeitos alvos da operação:

  • Suspeito 1 – Homem. Está preso na Pasc. Pelo telefone, planejou a ação, recrutou os indivíduos, ordenou o que cada um deveria fazer. Ele também “financiou” o crime, com a compra de armas, etc.
  • Suspeito 2 – Mulher. É moradora da cidade de Paraí. Emprestou a casa, um sítio, para os suspeitos. Atuou no planejamento da ação, repassou informações sobre movimentação de carro forte, e policiamento no município.
  • Suspeito 3 – Mulher. É familiar do alvo 1. Desempenhou importante apoio moral e material na ação criminosa.
  • Suspeito 4 – Homem. Responsável por transportar os demais integrantes da organização quando solicitado.
  • Suspeito 5 – Homem. Fez o levantamento prévio das agências bancárias que seriam atacadas.
  • Suspeito 6 – Homem. Responsável por transportar outros integrantes da organização e armamentos. É proprietário de um carro usado no dia do crime.
  • Suspeito 7 – Homem. Cedeu sítio em Serafina Corrêa para abrigar os suspeitos, levou alimentos e cobertores quando estavam abrigados no local. Era uma opção para guardar armas e dinheiro após o crime.
  • Suspeito 8 – Mulher. Também respondia pelo alvo 1 em sua ausência. Função de auxiliar no resgate, se necessário, além de prestar apoio logístico. Atuou no planejamento da ação criminosa.
  • Suspeito 9 – Homem. Possui mandado de prisão temporária. Esteve presente na ação e ajudou na fuga de criminosos.
  • Suspeito 10 – Homem conhecido como “Playboy”. Ele tem um mandado de prisão temporária. Segundo a polícia, ele é responsável por armazenar e entregar aos demais indivíduos, armamentos, munições, explosivos e demais equipamentos utilizados pelos suspeitos.
Polícia faz operação contra grupo suspeito de roubo a banco — Foto: Divulgação/Deic

Polícia faz operação contra grupo suspeito de roubo a banco — Foto: Divulgação/Deic

Deixe uma resposta