Rádio Club – Paraí RS

Rádio Club FM da cidade de Paraí, Rio Grande do Sul

Qual a origem do “Dia de Todos os Santos”?

1º de Novembro é o Dia de Todos os Santos. Você sabe quando e como começou essa comemoração?

Dia de Todos os Santos é celebrado anualmente em 1º de novembro não é feriado no Brasil. Esta data é dedicada à celebração e homenagem de todos os santos e mártires das igrejas cristãs, garantindo que aqueles que não têm uma data própria de festejo não sejam esquecidos. Assim, é destinado a todos os santos conhecidos ou não pela igreja e decorre há muito anos.

Santos são aqueles que viveram uma vida de acordo com os ensinamentos do Evangelho e, por isso, a Igreja acredita que estejam junto a Deus.

A celebração é reconhecida por várias denominações cristãs, como católicos romanos, ortodoxos, anglicanos e luteranos.

O Dia de Todos os Santos é celebrado nesta data em todo o ocidente, enquanto nas igrejas do oriente, a comemoração acontece no primeiro domingo após o Pentecostes.

Origem da Festa de Todos os Santos

A ideia de homenagear todos os santos teria começado por volta do século IV, na Antioquia, quando se recordavam os santos mártires no primeiro domingo após Pentecostes.

Mais tarde, no ano 835 d.C, o papa Gregório IV decide dedicar o dia 1º de novembro a todos aqueles que tiveram uma vida santa, mas não foram lembrados ao longo do ano, ou mesmo não foram reconhecidos como santos oficialmente pela Igreja.

De acordo com as tradições da Igreja Católica, após a celebração da Festa de Todos os Santos (Festum Omnium Sanctorum, em latim) em 1º de novembro, celebra-se o Dia de Finados, em 2 de novembro.

Comemorações em outros países

Os portugueses celebram o Dia de Todos os Santos, também conhecido como o “pão por Deus”, com um dia divertido para as crianças. Geralmente em grupo e transportando um saquinho, elas vão de casa em casa, onde recebem pão, frutas, frutos secos ou doces.

O Dia de Todos os Santos é bastante comemorado no Peru. Lá, além de visitar as campas dos entes queridos falecidos, os peruanos preparam pratos tradicionais para oferecer de forma simbólica aos mortos.

As crianças são vestidas com roupas de festa. Ao encontrar uma criança semelhante a uma falecida, essa família presenteia a tal criança com “anjos”. Os chamados “anjos” são pãezinhos típicos ou doce de batata doce que são decorados de forma bonita e cuidadosa.

*Fonte: Site Calendarr

Deixe uma resposta